segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Desculpem lá uma coisinha "sobre" o Praça da Republica

Decidi hoje remover dos links de blogues interessantes este conhecido blogue do distrito, onde há tempos parecia bem interessante (e não estou a mentir), depressa se manifestou num destilar de veneno constante sobre assuntos de natureza politica, ora aparecem fotos eróticas a preto e branco, ora aparecem parvidades e teorias da conspiração onde o polvo (não o paul) é o PCP, o Ex- Presidente da Câmara de Beja Dr. Francisco Santos (apesar de não aparecer em fotos sensuais) quase todas as semanas lá aprece com a língua de fora, isto tudo idealizado por um senhor que pelos vistos é do PSD, sendo ainda daqueles que pensa que os comunistas comem criancinhas ao pequeno almoço em vez de chocapic, e provavelmente acorda com suores frios de madrugada a pensar que o Fidel Castro é presidente da Republica.

7 comentários:

  1. Ola jô com que então metido nas blogues e eu a pensar que te encontravas algures a pensar porque é que os habituais eleitores da Tua freguesia votaram no PS ou seria no Joao Venancio(parece que esta para o mexico).e bom saber-te activo e critico(do praça da republica)Um abraço grande do gato dos montes

    ResponderEliminar
  2. Ola amigo gato dos Montes, pois a vida é feita de vitorias e derrotas, há que saber viver com isso como lido quando tenho dor de barriga, dar uns puns e lá se vai e fico aliviado. Pensar no meu Presidente não está dentro dos meus planos, importante é que esteja bem de saúde e aproveite bem o passeio.

    ResponderEliminar
  3. Temos que organizar um ajuntamento na Blogosfera contra o dito cujo!

    ResponderEliminar
  4. É uma boa medida tendo em conta a merda que há nesse blogue. Esse Sr. Espinho é um pseudo-artista armado em PSD mas na verdade é um grande FACHO e anti-comunista primário.

    João Espinho vai para o caralho, ainda por cima agora és defensor da gestão PS da CMBEja.

    ResponderEliminar
  5. A Democracia é uma coisa muito bonita, mas quando nos aperta os calos há que censurar e silenciar. Compreendi perfeitamente...

    ResponderEliminar
  6. Ó Anónimo malcriado: parafraseando o Major "Quantos são, quantos são? Venham eles..."
    Ajuntamentos? Se não gosta do Espinho, tem bom remédio. Não vá à Praça, ninguém o obriga.
    Há um Portugal até 24 de Abril e outro Portugal de 25 de Abril em diante. Pelos vistos o que o sr. pretende é um Portugal do 24,5 de Abril. Haja pachorra.

    ResponderEliminar